27 de março de 2011

Homenagem a Mãe & Pai, Amma & Papa

Com o povo indiano aprendi a honrar meus ancestrais, aprendi que antes de tudo minha gratidão e orações devem-se dirigir aos meus pais, porque eles são a representação de Deus na Terra, são aqueles que nos deram a vida, o dom de poder estar aqui, nos geraram, nos nutriram, cuidaram, amaram (nem sempre da forma que esperávamos, mas da forma que acreditaram ser a mais correta ou adequada), doaram o máximo que puderam de si, se privaram de vontades para satisfazer as nossas birras, e então quando já estávamos fortes o bastante, nos permitiram voar, e aí nos aplaudiram, mas ainda assim em vários momentos, atentos, notaram que deslizamos, e com todo empenho nos ajudaram a levantar...e assim por várias e várias vezes.

Pai e Mãe, Papa e Amma...vocês possuem um papel essencial em nossas vidas, longe ou perto a presença de vocês permanece viva e pulsante em nossos corações, seu sangue corre em nossas artérias, nas nossas células está gravado o seu DNA, vocês vivem em nós!

Hoje, antes mesmo de publicar as fotos da nossa viagem e do nosso casamento, gostaria de expressar essa homenagem aos meus Deuses Vivos (Living Gods): meus amados pais e meus amados sogros, aqueles que me presentearam com a jóia, o tesouro mais precioso desse mundo: minha própria vida e meu marido!

Mãe e Pai: mesmo tão jovens, inseguros, confusos na sua adolescência, obrigada por terem dito sim a Deus e por terem aceito que eu viesse através de vossos corpos e crescesse nessa família que me encoraja sempre a evoluir e superar minha pequenez. Gratidão pelos desafios que me ofertaram e pelo amor que me alimenta diariamente, ainda mais uma vez obrigada por terem aceito o Pooja como seu filho e pela paixão e admiração que têm por ele.


Amma e Papa: gostaria de agradecer a confiança que depositaram em mim,  sua simplicidade, sua fé inabalável, sua perserverança, a forma carinhosa com que me olham, a preocupação com a minha família, esse amor tão puro que nem consigo explicar, gratidão pelo seu desapego, por aceitarem que seu filho largasse tudo (conforto, dinheiro, amigos, raízes, costumes...) e começasse tudo do zero outra vez,  tudo por causa do Amor. Sou abençoada por ser sua molu (bebê-filha) e entrar para essa família.



5 comentários:

  1. Incredible....your "words".. speaks and express. Your non violent, non nuclear and righteous weapon for the community!!!!

    ResponderExcluir
  2. Dani querida...

    Que lindo está teu blog... Felicidades sempre!!!

    =)

    ResponderExcluir
  3. Nossa Dani
    Fiquei sem palavras,que emocao amada!!!!!Ufa...
    Beijos e aplausos de pe pra vcs..
    Felicidades e muito amor sempre para sua familia...Deva

    ResponderExcluir
  4. Oi Florzinhas! Obrigada por me visitarem! Grande beijo

    ResponderExcluir
  5. Dani vc e O Pooja são uns amores em pessoa!! que Deus sempre abençoe assim!! Bjksss

    Adorei o jantar!!!

    ResponderExcluir