6 de fevereiro de 2011

Amor Virtual x ou = Amor Real

Parte II

Pra ela tudo estava acontecendo muito rápido e fora do seu controle, gostava do sonhar, do conto de fadas, mas ao mesmo tempo ficava cheia de dúvidas, seu coração que já havia sofrido muito por amor sentia medo. 

Sabia que não deveria confiar em um estranho e ter pé no chão, mas ao mesmo tempo uma força maior a fez arriscar, apostou tudo, a princípio sem o apoio dos amigos e da família, acreditando apenas naquele amor puro que desabrochava dentro dela.

Pior para ele, o filho caçula de uma família extremamente ortodoxa, jamais poderia revelar seu segredo aos pais, convivia diariamente com as piadas dos amigos que caçoavam: ela tão bonita, quase uma cópia da Kate Winslet,  com certeza deveria ter vários outros namorados. Afinal o Brasil que é a terra do samba e carnaval e  tem tantos homens altos e fortes, o que haveria de querer com um indiano magrelo?
Passavam horas e horas no msn, torpedos e ligações no meio da madrugada, separados por 8 horas e meia de fuso horário precisavam encurtar ao máximo a distância e o tempo que os separavam.
Usavam a imaginação para tornar esse amor mais real e concreto, compartilhavam fotos, poesias, músicas, beijos e abraços virtuais, enviavam presentes, desenhavam um para o outro, ela fez até um bolo e cantou parabéns em frente a webcam para comemorar o aniversário dele.
Sentiam falta do cheiro, do beijo, do toque um do outro, o maior desejo dela era poder ouvir as batidas do seu coração, o maior sonho dele era dar o primeiro beijo da sua vida.
A dor da distância era muito grande e juntos alimentavam diariamente o mesmo sonho: estar juntos e viver esse amor de corpo e alma!

Nenhum comentário:

Postar um comentário